O que é carpaccio

O que é carpaccio

Tempo de leitura: 9 minutos

O que é carpaccio

Originário da Itália, o carpaccio é um prato de fatias finas de carne crua, temperadas com azeite, sal, limão e outros condimentos, geralmente servido com queijo parmesão ou pães.

Criado por Giuseppe Cipriani na década de 1950, no Harry’s Bar em Veneza, o nome homenageia o pintor Vittore Carpaccio devido à cor vermelha do prato.

Recentemente, o carpaccio ganhou uma versão japonesa com peixe no lugar da carne vermelha, mantendo a refrescância e o uso de molhos e condimentos.

O que que significa carpaccio?

O que que significa carpaccio

Carpaccio é um prato de origem italiana, tradicionalmente composto por fatias extremamente finas de carne crua, geralmente de boi, temperadas com azeite, sal, limão e outros condimentos. O prato é frequentemente servido como entrada e pode ser acompanhado por lascas de queijo parmesão ou pães.

O termo “carpaccio” foi criado na década de 1950 por Giuseppe Cipriani, dono do famoso Harry’s Bar em Veneza. Ele nomeou o prato em homenagem ao pintor renascentista italiano Vittore Carpaccio, cujas obras frequentemente utilizavam tons de vermelho que lembravam a cor da carne crua.

Veja Também: Molhos japoneses: Combinações e Preparações Variadas

Com o tempo, o conceito de carpaccio se expandiu para incluir não apenas carne de boi, mas também peixe, mariscos, vegetais, cogumelos, queijos e até frutas, mantendo sempre a característica principal de serem fatias finas e frescas.

Aqui está um resumo das principais características do carpaccio:

CARACTERÍSTICA DESCRIÇÃO
Origem Itália
Criador Giuseppe Cipriani
Ingrediente Original Carne de boi crua
Temperos Comuns Azeite, sal, limão, pimenta, alcaparras, cebolinha
Acompanhamentos Queijo parmesão, pães
Variações Modernas Peixe (salmão, peixe branco), mariscos, vegetais (abobrinha), frutas
Nome Homenageia Pintor Vittore Carpaccio

O carpaccio é apreciado por sua delicadeza, frescor e a capacidade de realçar o sabor natural dos ingredientes utilizados.

CLIQUE AQUI E CONFIRA O CURSO DE SUSHI

Origem do carpaccio

Origem do carpaccio

No século XX, o chef Giuseppe Cipriani, dono do Harry’s Bar em Veneza, criou o carpaccio para a condessa Amalia Nani Mocenigo, que precisava consumir carne crua por razões de saúde.

Inspirado pela cor vermelha nas pinturas do artista renascentista Vittorio Carpaccio, Cipriani nomeou o prato em sua homenagem.

O restaurante era frequentado por figuras históricas como Scott Fitzgerald, Truman Capote e Ernest Hemingway.

CLIQUE AQUI E CONFIRA O CURSO DE SUSHI

Que tipos de carpaccio existem?

carpaccio

O carpaccio é uma entrada italiana feita com ingredientes de alta qualidade e frescos, devido ao consumo cru.

Originalmente de carne, hoje existem variações com peixes, mariscos, cogumelos, queijos e frutas. Alguns tipos populares incluem:

  • Carpaccio de vitela: Feito com Bresaola, carne de vitela salgada e curada.
  • Carpaccio de curgete: Uma opção vegetariana, ideal para o verão, servido com tomate seco e parmesão.
  • Carpaccio de gambas: Simples e elegante, feito com gambas ou camarões, previamente congelados para evitar infecções.
  • Carpaccio de bacalhau: Preparado com azeite, tomate, orégãos, alcaparras e azeitonas pretas, podendo usar bacalhau cru, curado ou fumado.
  • Carpaccio de salmão: Condimentado com sumo de limão e ervas aromáticas, ideal para amantes de sushi.
  • Carpaccios vegetais: Incluem opções como ananás, tomate, abóbora, melancia ou beterraba, sendo o de ananás uma sobremesa e o de tomate uma salada caprese.

Essas variações garantem que o carpaccio continue a ser uma entrada popular e versátil em cozinhas ao redor do mundo.

CLIQUE AQUI E CONFIRA O CURSO DE SUSHI

Tipos de carpaccio: como escolher?

Como Harmonizar o Ceviche

A receita tradicional de carpaccio, servida como entrada, usa carne de boi, mas novos ingredientes como peixe, marisco, vieiras, cogumelos, queijo e frutas surgiram com a popularização do prato.

Na culinária japonesa, destacam-se o carpaccio de salmão, com fatias finas, molho especial, alcaparras e cebolinha, e o de peixe branco, temperado com azeite e cebolinha. Para quem não come carne, o carpaccio de legumes, como o de abobrinha, oferece refrescância e sabor intenso.

CLIQUE AQUI E CONFIRA O CURSO DE SUSHI

Como é produzido o carpaccio?

Como é produzido o carpaccio

A produção do carpaccio envolve uma série de passos cuidadosos para garantir que as fatias de carne ou outros ingredientes sejam extremamente finas e bem temperadas.

Aqui está um guia detalhado sobre como produzir um carpaccio tradicional de carne, bem como algumas variações modernas:

Produção do Carpaccio Tradicional de Carne

  1. Escolha da Carne:
    • Utilize cortes de carne de alta qualidade, como filé mignon ou contrafilé. A carne deve ser fresca e de preferência maturada para garantir maciez e sabor.
  2. Preparação da Carne:
    • Limpe a carne, removendo qualquer excesso de gordura e tendões.
    • Envolva a carne em filme plástico e leve ao congelador por cerca de 1 a 2 horas. Isso facilita o corte em fatias finas.
  3. Corte da Carne:
    • Com uma faca bem afiada, corte a carne em fatias extremamente finas, quase transparentes. Alternativamente, você pode usar uma máquina de cortar frios para obter fatias uniformes.
  4. Disposição das Fatias:
    • Disponha as fatias de carne em um prato grande, de forma que não se sobreponham muito.
  5. Tempero:
    • Tempere as fatias com azeite de oliva extra virgem, suco de limão, sal e pimenta-do-reino moída na hora.
    • Adicione outros condimentos a gosto, como alcaparras, cebolinha picada ou mostarda.
  6. Acompanhamentos:
    • Sirva o carpaccio com lascas de queijo parmesão, rúcula, ou pães torrados.

Variações Modernas de Carpaccio

Carpaccio de Peixe (Salmão ou Peixe Branco)

  1. Escolha do Peixe:
    • Utilize peixe fresco e de alta qualidade, como salmão ou peixe branco.
  2. Preparação do Peixe:
    • Limpe e filete o peixe, removendo pele e espinhas.
    • Congele levemente para facilitar o corte em fatias finas.
  3. Corte do Peixe:
    • Corte o peixe em fatias finas, como no carpaccio de carne.
  4. Tempero:
    • Tempere com azeite de oliva, suco de limão, sal, pimenta-do-reino, alcaparras e cebolinha.

Carpaccio de Legumes (Abobrinha)

  1. Escolha dos Legumes:
    • Utilize legumes frescos e firmes, como abobrinha.
  2. Preparação dos Legumes:
    • Lave bem os legumes e corte as extremidades.
  3. Corte dos Legumes:
    • Use um mandoline ou uma faca afiada para cortar os legumes em fatias finas.
  4. Tempero:
    • Tempere com azeite de oliva, suco de limão, sal, pimenta-do-reino e ervas frescas como manjericão ou hortelã.

Dicas Adicionais

  • Higiene: Certifique-se de que todos os utensílios e superfícies estejam limpos para evitar contaminação, especialmente ao lidar com carne crua.
  • Frescor: Utilize ingredientes frescos e de alta qualidade para garantir o melhor sabor e segurança alimentar.
  • Apresentação: A apresentação é crucial. Disponha as fatias de maneira atraente e adicione toques finais como ervas frescas ou raspas de limão para um visual sofisticado.

Tabela Resumo

TIPO DE CARPACCIO INGREDIENTE PRINCIPAL MÉTODO DE CORTE TEMPEROS COMUNS ACOMPANHAMENTOS
Tradicional de Carne Filé mignon, contrafilé Faca afiada ou máquina Azeite, limão, sal, pimenta, alcaparras Queijo parmesão, rúcula, pães
Peixe (Salmão, Branco) Salmão, peixe branco Faca afiada Azeite, limão, sal, pimenta, cebolinha Alcaparras, ervas frescas
Legumes (Abobrinha) Abobrinha Mandoline ou faca Azeite, limão, sal, pimenta, ervas Manjericão, hortelã

Produzir um carpaccio é uma arte que combina técnica, frescor e apresentação, resultando em um prato delicado e saboroso.

CLIQUE AQUI E CONFIRA O CURSO DE SUSHI

Qual a diferença de carpaccio e ceviche?

Carpaccio e ceviche são pratos distintos que utilizam ingredientes crus, mas diferem em origem, preparação e sabor.

O carpaccio, originário da Itália e criado na década de 1950 por Giuseppe Cipriani, é tradicionalmente feito com carne de boi crua cortada em fatias finas, temperadas com azeite, suco de limão, sal e pimenta.

Pode incluir variações com peixe, mariscos, vegetais e frutas. O prato é servido imediatamente após a preparação, destacando o frescor e a qualidade dos ingredientes, com uma textura macia e sabor delicado.

Veja Também: Receita fácil de comida japonesa: Top 15

Por outro lado, o ceviche tem suas raízes na América Latina, especialmente no Peru, e é feito com peixe ou frutos do mar crus cortados em pedaços pequenos e marinados em suco de limão ou lima.

A acidez do limão “cozinha” o peixe, resultando em uma textura firme e um sabor ácido e picante. Ingredientes adicionais como cebola roxa, pimenta e coentro são comuns, e o prato é frequentemente acompanhado por milho, batata-doce, abacate e chips de milho.

Enquanto o carpaccio é suave e delicado, o ceviche é vibrante e refrescante, oferecendo experiências gastronômicas distintas que valorizam a frescura dos ingredientes crus.

CLIQUE AQUI E CONFIRA O CURSO DE SUSHI

Como comer o carpaccio?

 

Como comer o carpaccio

Comer carpaccio é uma experiência que destaca a delicadeza e o frescor dos ingredientes.

Servido como entrada, o prato consiste em fatias finas de carne ou peixe, temperadas com azeite, suco de limão, sal e pimenta, e acompanhadas por queijo parmesão, rúcula, alcaparras e pães torrados.

Para degustar, corte pequenas porções e combine com os acompanhamentos, mastigando devagar para apreciar os sabores sutis.

Vinhos brancos leves, como Sauvignon Blanc, ou tintos leves, como Pinot Noir, são ótimas opções para harmonizar. Aprecie o carpaccio em pequenas quantidades, valorizando a qualidade dos ingredientes e a arte culinária envolvida.

CLIQUE AQUI E CONFIRA O CURSO DE SUSHI

Conclusão

Como comer o carpaccio

O carpaccio é um prato italiano que ganhou fama mundial, oferecendo uma experiência gastronômica única com suas fatias finas de carne, peixe ou legumes.

A qualidade dos ingredientes e a precisão na preparação são essenciais, seja na versão tradicional ou nas variações modernas.

Comparado ao ceviche, o carpaccio se destaca por seu método de preparo e ingredientes específicos.

Para apreciar o carpaccio, combine-o com acompanhamentos adequados e vinhos leves, valorizando seus sabores delicados.

Este prato celebra a arte culinária, destacando a frescura e a qualidade dos ingredientes, e merece um lugar especial em qualquer mesa.

CLIQUE AQUI E CONFIRA O CURSO DE SUSHI